Aerotrópole

AV-Norte-Confins

O futuro decola no Vetor Norte Aeroporto Internacional Trancredo Neves

Aerotrópole é um conceito de planejamento urbano desenvolvido especificamente a partir de um aeroporto de grande capacidade. Engloba serviços que funcionam de maneira integrada, como zonas de desenvolvimento aeroporto/indústria, hotel, armazenagem, logística, entre outros. Sua principal consequência é o rápido desenvolvimento econômico e social de toda área abrangida.

John D. Kasarda mentor do conceito de “Aerotrópole”, difundi amplamente a teoria de integração entre cidades e aeroportos. A conceituada revista TIME considerou “Aerotrópole” como uma das 10 ideias que mudarão o mundo no século 21.

“Dúzias de aerotrópoles estão se desenvolvendo ao redor do mundo de forma planejada ou mesmo espontaneamente. Entre as mais proeminentes temos as de Amsterdam com o aeroporto de Schiphol, Hong Kong, Incheon na Coreia do Sul, Dubai, Chicago, Dallas-Ft Worth, Washington Dulles, e Memphis. Elas têm atraído uma notável quantidade de investimentos nos negócios localizados na área do aeroporto e causando grande impacto econômico em suas regiões e nações. Em muitos casos, esses investimentos batem a casa dos US$ 10 bilhões ao ano”, relata Kasarda.

Com base neste conceito, a primeira Aerotrópole da América Latina está se desenvolvendo em Belo Horizonte, Minas Gerais, e pode se espalhar rapidamente por todo continente. O Aeroporto Internacional Tancredo Neves possui características fundamentais para se tornar uma aerotrópole, tais como:

. Único aeroporto do sudeste com espaço físico capaz de comportar a expansão necessária – 15 milhões de m2 de sítio aeroportuário.
. Faz parte do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado.
. Único aeroporto no Brasil com planejamento até 2030.
. 2015: 13 milhões de passageiros/ano – 2045: 40 milhões de passageiros/ano.
. É o aeroporto com a melhor localização no perímetro que concentra a maior parte do PIB Brasileiro.
. Está no hub de acesso ao mercado do Mercosul.
. Sete setores incluídos no projeto: turismo de negócios, educação voltada à capacitação, logística, armazenagem, indústria aeronáutica/aeroespacial/defesa, ciências da vida, tecnologia de informação e equipamentos tecnológicos.
. Concedido à iniciativa privada (nov/2013) por R$ 1,82 bilhão – Consórcio Aerobrasil.
. Mínimo de R$ 3,6 bilhões em investimentos exigidos por contrato nos próximos 30 anos.
. R$ 570 milhões atualmente investidos na malha rodoviária que dá acesso ao aeroporto e ao Vetor Norte. *
. PIB previsto para 2030: R$ 172 bilhões*. . 400 mil empregos nos próximos 20 anos*.
. + 1,4 milhão de habitantes na região nos próximos 20 anos*.
. Valorização imobiliária nos últimos 9 anos: 560%.

*Jurong Consultants (Cingapura)

Qualidade de vida e vantagens econômicas

A existência de uma significativa disponibilidade de espaços torna a região, ao contrário de outras áreas de BH, extremamente competitiva quanto aos preços de instalação. As acessibilidades e os equipamentos existentes e previstos permitem que os habitantes usufruam de ótima qualidade de vida = nível de habitação x tempo necessário para deslocamentos.

Aerotrópole é por si só, uma completa centralidade: Qualidade de vida e vantagens econômicas. Moradia , lazer, esportes, saúde, negócios, educação.

Quer conhecer melhor o nosso projeto, faça o download da apresentação abaixo:
Flyer Aerotropole

QUERO SER UM INVESTIDOR

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

contato@avnorte.com

Rua Manoel Bertoldo Fagundes, 435
Jardim Alterosa
Vespasiano - MG
33.200-000