Empréstimo para folha de pagamento pode minimizar crise nas empresas

quarentena imposta pelas autoridades obriga os empresários a buscar meios de honrar seus compromissos. Demanda que ganhou força nesta semana é o financiamento da folha de pagamento. Segundo Sebastião Bonfim, fundador da rede artigos esportivos Centauro, essa é a única maneira de manter as pessoas dentro de casa. Sem dinheiro para comprar comida, a tendência é de que saiam para buscar algum meio de sobreviver financeiramente. A Centauro fechou todas as suas lojas no país e seu centro de distribuição está paralisado, algo inédito na história da empresa fundada há 40 anos. Para Alexandre Birman, presidente da Arezzo, grupo que reúne calçados e roupas, o governo precisa socorrer o pequeno empresário, que é responsável por 72% dos empregos no país. Birman concorda com Bonfim: o ideal, diz ele, é que Brasília lance alguma linha de crédito para que os empreendedores paguem os salários dos funcionários. Birmann diz que tentará não demitir ninguém.

As redes sociais deram um poder inédito aos consumidores. Ontem, um movimento que pregava boicote às empresas que ameaçaram funcionários de demissão em meio à crise do coronavírus fez a primeira vítima: Alexandre Guerra, filho do fundador da rede de fast food Giraffas. Ele foi afastado do conselho de administração da empresa pelo próprio pai, Carlos Guerra. Carlos, que é presidente do conselho, gravou um vídeo para informar que o filho também deixará de ser acionista da Giraffas.

“Eu quero salvar o meu negócio”

O estresse dos empresários atingiu níveis alarmantes. “Se eu falar publicamente o que penso, vou ganhar inimigos”, diz o fundador de uma marca de roupas. “Vamos imaginar que o comércio continue fechado até o final de abril. Para mim, isso representa R$ 50 milhões em prejuízos.  Quem vai pagar essa conta? Ninguém, é claro. Enquanto faço o diabo para arranjar um jeito de sobreviver, os políticos ficam trocando desaforos. Não estou nem aí para eleição. Eu quero é salvar o meu negócio”.
Continua em…

     

    QUERO SER UM INVESTIDOR

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    contato@avnorte.com

    Rua Manoel Bertoldo Fagundes, 435
    Jardim Alterosa
    Vespasiano - MG
    33.200-000